segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

A Verdadeira Formação


Recentemente, assisti a um treino de Traquinas (Sub-9) de um clube de pequena dimensão. Um bom sintético, todo o relvado à disposição para trabalhar e quatro treinadores prontos para ajudar os pequenos sonhadores a evoluir. Tudo condições ideais, portanto.


O treino começa com praticamente dez minutos de corrida à volta do meio-campo. A falta de vontade dos miúdos é notória. “Como é que havemos de ter bons jogadores se eles não querem treinar?”. Seguem-se outros sete ou oito minutos de aquecimento articular, com toda a equipa alinhada numa das laterais do campo. Logo depois, dez minutos de auto-recriação, com uma bola para cada. Castigo para quem sai da grande área? Dez flexões. Concluído o aquecimento, finalmente o jogo. Mas não antes de oito minutos (não é engano) para definir as equipas e onde cada uma jogará. Quase quarenta minutos de treino decorridos e golos nem vê-los.

Até o treino terminar, dois campos de GR+3x3+GR, sempre com as mesmas equipas. O facto de nada mudar até final é um pormenor, um mal menor. O que é grave é a forma como esses jogos são conduzidos. “Chuta! Corre! Leva!”, isto enquanto os guarda-redes chutam para a frente sem qualquer critério e os restantes, completamente perdidos, atiram para onde calha.

Ao lado, entretanto, começa uma equipa de Benjamins (Sub-11) a treinar. Aquecimento praticamente igual ao dos Traquinas, ao que se seguiram quinze minutos de remate à baliza após passe do treinador, com uma fila de quinze jogadores a meio-campo. Até final, GR+9x9+GR em metade de um meio-campo, sem intervenção do treinador.

Sem conhecer a realidade de outros clubes, arrisco dizer que situações semelhantes se verificam pela maioria dos campos, já que eu próprio tive esta formação. Até há bem pouco tempo.

Todo o hype à volta da formação em Portugal não passa disso mesmo. Temos treinadores extraordinários, os melhores do Mundo. A nível sénior e na formação. E esses treinadores estão, regra geral, nos grandes clubes (por isso é que tantos craques têm aparecido nos últimos anos). Até aqui tudo normal. O problema é que a esmagadora maioria dos jovens portugueses não tem o privilégio de treinar e jogar num grande clube.

À medida que vou estudando e aprendendo sobre este tema, mais tenho a certeza de que andei a desperdiçar horas e horas em treinos sem sentido, durante anos a fio. E o mesmo continua a acontecer com quem é agora criança.


O conhecimento anda por aí, à disposição de qualquer um. Só não muda quem não quer.


4 comentários:

  1. Infelizmente acontece muito sou treinador de uma equipa de benjamins e ao ver os outros treinos até de escalões mais jovens do mesmo clube até me dá arrepios de ver crianças com 6, 7 anos a correr à volta do campo como quando jogava ,e sempre adorei treinar, nunca gostei de atletismo as minhas crianças e já estamos em janeiro no total dos treinos deve dar uns 30 minutos de corrida.
    Pedro

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde,concordo basicamente com tudo que foi "criticado" no artigo! Só uma pequena opiniao de um rapaz que foi, e ainda é jogador, ao mesmo tempo que treina uma equipa de benjamins!
    Falaram bastante n corrida inicial, eu uso bastante e acho benéfica não como complemento de aquecimento ou de treino, mas como um pré treino, onde podemos 1 usar para treinar organização porque a maior parte não consegue correr em grupo,fortalecer o espírito de equipa fazendo que corram como um grupo e não individualmente por fim também para eles conversarem e começarem a mentalizar que depois daquele pequeno "relaxe" inicial vai começar a treinar!
    Não estou a dizer que é o mais correcto, mas tenho posto em pratica e tenho tido bons resultados e bom feedback por parte dos atletas! ��

    ResponderEliminar
  3. A vitoria é sempre prioridade. Infelizmente.

    ResponderEliminar
  4. Ora aqui estão algumas verdades preocupantes! Tenho um filho traquina que treina e joga num clube de pequena dimensão e com poucas condições e acontece precisamente o mesmo... o que me incomoda mais é o tempo desperdiçado em filas intermináveis e jogos de GR 10x10 GR... Ridículo. Ainda não o tirei de lá pelos amigos...

    ResponderEliminar

Total de visualizações