sábado, 4 de julho de 2015

Fora dos Grandes: Diogo Costa (GS Loures)


Para a excepcional temporada dos Juniores do Loures, que asseguraram a subida à 1ª Divisão do Nacional da categoria, foram quatro os atletas de primeiro ano que se juntaram ao restante onze titular como quatro peças fundamentais, começando com o guarda-redes Diogo Ferreira e André Duarte como defesa central, sendo que ambos desempenharam um determinante papel para que esta tivesse sido a defesa menos batida de toda a 2ª Divisão. 

Para além dos dois atletas de características defensivas, o leque de sub-18 com relevante papel nesta equipa passou também por Panutchy, um dos líderes a meio-campo, e por fim, e não menos importante, Diogo Costa. Boa parte do sucesso do Loures passou pela sua performance como extremo esquerdo na qual pontificou como segundo melhor marcador da fase final da prova, apenas atrás do ponta de lança Gidel Correia.

Em seu favor, o atacante guineense teve a vantagem de ter disputado a final na qual apontaria mesmo dois golos, ao contrário de Diogo, afastado desse encontro devido a uma lesão no joelho que o obrigará a falhar os trabalhos de pré-temporada e que o terá impedido de ser o melhor marcador da equipa que conquistou o Campeonato, com o acréscimo de nem sequer evoluir na frente de ataque.

Diogo, de 18 anos, deu início à sua carreira no Sporting CP, clube no qual competiu em grande parte do tempo como capitão de equipa e permaneceu até ao escalão de Infantis, tendo representado até à idade de Iniciado B o Odivelas, onde se sagrou campeão distrital da 1ª Divisão, e após isso passado para os Iniciados A do Sacavenense, que lhe proporcionaram a oportunidade de disputar o Campeonato Nacional da categoria, e logo numa temporada concluída no 3º posto, apenas ultrapassados por Benfica e Sporting.

Face à prestação e potencial demonstrados pelo extremo, este foi imediatamente promovido aos Juvenis A em Sacavém, ‘saltando’ a equipa de Juvenis B, tendo disputado o Campeonato Nacional como sub-16, assim como na época seguinte até a uma fase intermédia da temporada, ao ascender ao plantel de Juniores ainda em idade juvenil, o que fez com que se tenha sagrado campeão nacional de Juniores da 2ª divisão, uma façanha que esta época repetiu ao serviço do Loures.

Entre uma e outra temporada a grande diferença reside na importância individual para o conjunto, sendo que pelo meio o jovem foi convidado para treinar nos sub-19 do Sporting, juntando-se pouco tempo depois ao Loures, clube do qual se encontra de partida, pois encontra-se nesta altura a estudar três ofertas, entre elas uma proveniente do Belenenses, que vem merecendo a sua especial atenção, pelo que ao que tudo indica cumprirá mesmo a próxima temporada no Restelo.

Este poderá ser o palco ideal para que Diogo Costa explore as suas principais características, que consistem na velocidade no 1x1, audácia no momento de partir para cima do adversário, tal como os cruzamentos, remates de fora de área e o jogo aéreo, formando assim um esquerdino muito completo e a ter em atenção.




Bilhete de Identidade (dados retirados do portal 'ZeroZero')
Nome: Diogo Manuel Jorge Costa
Posição principal: extremo esquerdo
Posição secundária: extremo direito
Data de nascimento: 01/01/1997
Naturalidade: Lisboa
Altura: 1,77 m
Clube anterior: Sacavenense

Total de visualizações